domingo, 20 de maio de 2007

Abaixo as velhas desculpas

Existem incontáveis motivos para não emagrecer. Você mesma já deve ter se escondido atrás de um deles. Mas há apenas um que pode mudar sua vida para sempre - e como ele é valioso!

por Lucilia Diniz

Seguir regimes e, depois, engordar tudo de novo, fazer promessas para ganhar formas mais atraentes e não conseguir cumpri-las... Se fosse um longa-metragem, esse enredo bateria recorde de reprises, essas que vão ao ar nas sessões da tarde das férias! É sempre a mesma história: você diz que vai iniciar a dieta, os meses passam e as boas intenções são deixadas de lado. A falta de tempo, as dificuldades para engrenar na academia, tudo se opõe à nova prioridade. Enfim, há inúmeras explicações para justificar o adiamento - como as que trago listadas abaixo, que constam de um repertório que colecionei aqui e ali ao longo dos anos. Se você precisa de desculpas - ou de perceber como elas são enganosas -, pode ser bem útil:

A atriz Marilyn Monroe tinha manequim 44 (ou 46?). Seja como for, ela era maravilhosa, apesar de não ser um padrão de magreza.

A maioria dos homens alega que gosta de mulheres cheias de curvas.

Sua mãe vive falando: "Coma, você precisa se alimentar bem". E as mães costumam ter razão.

Naomi Campbell é uma só. Quem você pensa que é para querer competir com uma top model?

O simples ato de mastigar consome 85 calorias em 1 hora.

Papai Noel faz milhares de crianças felizes sem nunca ter se preocupado em emagrecer.

Sua tia irá se magoar se não repetir várias vezes o pudim de leite que ela faz com tanto carinho.

Aumentaram as opções de modelos tamanho GG e GGG.

É possível doar as roupas que ficarem pequenas para uma instituição de caridade.

Se Deus quisesse que todos fossem magros, não teria inventado o sundae de baunilha com calda quente de chocolate.

Quem se importará caso não caiba mais em seu lindo vestido de noiva? Nem passa pela sua cabeça usá-lo de novo, certo?

As pessoas vivem dizendo: "Você tem o rosto tão bonito..."

Bem, é provável que haja mais 999 razões para que não cuide da alimentação, continue sedentária e com os maus hábitos rotineiros. Só que elas também são motivo para se sentir infeliz, reclamando das próprias formas. Conheço um monte de mulheres lindas, atraentes e cheias de vida, escondidas atrás de um corpo maior do que aquele que gostariam de ter. Elas costumam usar roupas largas e não saem para dançar porque morrem de vergonha. Enfim, não possuem forças para realizar seus sonhos e lutar por um novo e diferente caminho.

verdadeira recompensa

Mas, como esse não é o seu caso, siga em frente! Se quer muito mudar seu estilo de vida e, conseqüentemente, a imagem que vê refletida no espelho todas as manhãs, preencha-se com a única justificativa que deve ser levada em consideração: você merece! A vontade e a consciência de que é possível, sim, chegar à boa forma, ao bem-estar e à beleza - que se conquistam com a mudança de hábitos alimentares e a adoção de um ritmo diário mais dinâmico - são o diferencial nesta batalha pessoal que terá de enfrentar. Saber que você deseja e precisa disso já é uma vitória, o grande e necessário incentivo. E, acredite, qualquer sacrifício valerá a pena no fim da trajetória, em que se encontra a verdadeira recompensa: um corpo saudável e em paz, livre de qualquer desculpa esfarrapada

Um comentário:

Rosi disse...

Oi, primeira vez aqui e amei esse post!
Olha, eu tb estou na luta pra eliminar peso e gostaria mt de ser sua amiga. Tb me utilizo da dieta, exercícios e blog (www.rosi.assis.zip.net).
Voltarei aki + vezes com certeza!
bjs